Porque a Chopp BH Delivery

Chopp BH Delivery é especializada na distribuição de chopp.

Desde dezembro de 2010, oferecemos o que existe de melhor em termos de chopp e de equipamentos necessários para sua extração.

Sediada na Rua Heitor Sócrates Cardoso, 156 – Santa Amélia, a Chopp BH Delivery possui funcionários altamente qualificados além de contar com os melhores equipamentos para extração de chopp.

Atendemos desde pequenos eventos, como por exemplo, um almoço ou um churrasco em sua residência, a eventos que demandam uma maior estrutura, como por exemplo, calouradas, chopadas, feiras, festas de empresas, etc.

Atendemos também Bares e Restaurantes.

Deixe o trabalho por nossa conta.

Entregamos e recolhemos o material do chopp no local do seu evento.

Chopp Kremer

Conheça mais

UM CHOPP DE ORIGEM
O chopp existe há mais de 5 mil anos e durante todo esse tempo sua receita foi sendo aprimorada até ser reconhecido como é nos dias de hoje. Desde o século XII os cervejeiros já sabiam que a água tinha um papel determinante na qualidade do chopp, assim a escolha da localização da fábrica era feita em função da proximidade de fontes de água muito boas.

É exatamente por isso que a Kremer Cervejaria, uma empresa 100% brasileira fundada em 2009, está localizada na cidade de Morungaba, um dos 15 municípios paulistas, considerados Estâncias Climáticas pelo Estado de São Paulo. É nesse cenário, uma região de serra, vizinha às cidades do Circuito das Águas, que o Chopp Kremer é produzido, artesanalmente e com todo o nosso carinho para você.

Agora você poderá oferecer a seus amigos e clientes mais que um bom chopp, você poderá oferecer o Chopp Kremer.

Aplicando modernos processos industriais e alta tecnologia cervejeira para fabricação do Chopp, mantendo a característica produtiva artesanal, a Kremer Cervejaria atinge excelente receptividade de seus produtos junto aos consumidores.

Focada nos aspectos de segurança e atendimento, sem deixar de lado a preservação do meio ambiente, assegurando um desenvolvimento sustentável para a marca e sua rede de negócios.

CONHEÇA MAIS SOBRE OS TIPOS DE CHOPP KREMER

A Kremer Cervejaria investe na qualidade das matérias-primas, na contratação dos melhores profissionais e nos melhores fornecedores, estabelecendo um novo conceito para este mercado.

Chopp Kremer Pilsen: Produto cremoso, clássico e encorpado, produzido com malte e lúpulo importado de alta qualidade; o que confere ao produto excelente aceitação junto aos seus consumidores.

Chopp Kremer Escuro: Produto cremoso, suave, produzido com matérias-primas de alta qualidade, pode ser servido em todas as estações e harmonizado com os mais diversos pratos da culinária brasileira.

Chopp Kremer de Vinho: Produto cremoso e produzido com as melhores uvas do Rio Grande do Sul, o chopp de vinho Kremer irá lhe proporcionar uma experiencia única.Ele é uma bebida refrescante, com a coloração rubi, frisante, sabor frutado e teor alcoólico de 5,5%.

Chopp BlacKremer: É um chopp requintado e muito especial. Preparado com malte de alta qualidade, levemente torrado e com uma formulação exclusiva, proporciona uma experiência única àqueles que o saboreiam.

Outros produtos

Confira abaixo nossa variedades de produtos

Peça já o seu!
  • Na compra de 30 litros disponibilizamos, sem custo para o cliente, 12 copos caldereta. (Reposição de R$10,00 por copo quebrado).
  • Na compra de 50 litros disponibilizamos, sem custo para o cliente, 24 copos caldereta. (Reposição de R$10,00 por copo quebrado).
  • Favor consultar disponibilidade.

Temos também Vodka com Energético, Vodka Ice e Big Apple no barril.

Ligue agora!

(31) 3324-5080
(31) 98411-0880

Plantão:
(31) 99859-0499

  • Barril de 50 litros Pilsen

  • Barril de 30 litros Pilsen

  • Barril de 50 litros Escuro

  • Barril de 30 litros Escuro

  • Barril de 50 litros Vinho

  • Barril de 30 litros Vinho

  • Barril de 50 litros Black

  • Barril de 30 litros Black

Dicas cervejeiras

DIFERENÇA ENTRE CHOPP E CERVEJA

• A diferença entre o chopp e a cerveja é que esta recebe mais uma etapa no processo de sua fabricação: a pasteurização. O chopp é uma bebida mais fresca e não contém tanto gás.

• O Chopp Kremer não é pasteurizado e não contém aditivos. É leve, como o clássico paladar da baixa fermentação.

• Validade: geralmente os barris têm que ser consumidos em 15 dias. Depois de abertos, são no máximo 72 horas para o consumo, para que ele não perca suas características originais.

• Armazenagem: deve-se conservar os barris em um compartimento o mais fresco possível, por exemplo um balcão frigorífico. A temperatura deve ser mantida em torno de 2 a 4°C.

• Ingredientes do chopp: água de boa qualidade, malte (feito da cevada), cereais cervejeiros, carboidratos e lúpulo.

• Temperatura ideal: em um país tropical como o Brasil -2°C para que chegue à mesa e seja consumido a uma temperatura de 0°C.

• O famoso colarinho é recomendado para chopp porque a espuma ajuda a manter o aroma e o sabor, além de deixar a bebida com melhor aspecto.

• Copos mais finos, com fundo estreito, e sempre muito limpos, ajudam na formação do colarinho

NOVE REGRAS PARA O CHOPP PERFEITO

1 – A purificação
Cada copo tem de ser minuciosamente esfregado, em escovas fixadas na cuba da pia, por dentro, por fora e na base. Depois, é enxaguado em outra cuba, com água corrente. Essa etapa inclui erguer o copo na altura dos olhos para ver se as gotas estão correndo uniformemente, um dos indícios para saber se está bem limpo. Isso impede que o colarinho desapareça rapidamente, evitando o risco do chopp ficar “desprotegida”.

2 – O sacrifício
O primeiro jarro da chopeira deve ser degustado para verificar o sabor e a essência do chopp. Isso garante que a bebida colocada no copo esteja realmente fresca e impede a existência de um excesso indesejado de creme.

3 – A inclinação
O copo deve ser segurado logo abaixo do bico da torneira, com uma inclinação de 45°, e não pode tocar o bico.

4 – O colarinho
A formação do creme ocorre naturalmente pela inclinação correta do copo e, depois, quando ele é abaixado. Ao circular, a bebida ganha uma proporção ideal entre espuma e líquido. O creme inicial é importante para evitar que o chopp entre em contato com o ar e perca sabor e aroma.

5 – A retirada
O copo deve ser removido do jato do chopp com rapidez e precisão, de maneira a evitar que alguma gota entre em contato com o ar, oxide e interfira no sabor do chopp.

6 – A guilhotina
O excesso de creme formado no topo da taça deve ser “gentilmente cortado” com uma espátula inclinada a 45°. Isso evita que o creme do chopp abaixe rapidamente.

7 – O julgamento
Há uma quantidade de creme considerada correta: 3 cm – nem mais nem menos, o equivalente a cerca de dois dedos. Essa camada cria um “chapéu” de proteção para a bebida.

8 – A limpeza
Antes de ser entregue ao consumidor, o copo precisa ter a parte externa lavada.

9 – Apresentação
A taça é servida ao cliente com uma bolacha de papel na base, com o logotipo virado para o cliente. E, ao entregá-lo, o bartender deve desejar “saúde”.

EQUIPAMENTOS PARA SERVIR CHOPP KREMER

Válvula Válvula extratora a gás: faz a conexão do barril com a chopeira e com o cilindro de gás carbônico. Funciona com gás sob pressão.

Regulador Regulador de pressão: equaliza a pressão do gás carbônico, que serve para impulsionar o chopp para fora do barril. Tem dois manômetros, um para medir a quantidade de gás e outro para medir a pressão do barril.

Barril Barril: cilindro de metal hermeticamente fechado com um sistema de vedação da parte superior, para estocar a quantidade de chopp específica para seu tamanho.

Cilindro Cilindro de CO2: cilindro de metal usado para estocar gás carbônico, que será usado para impulsionar o chopp para fora do barril. Deve ser colocado longe de fontes de calor e luz solar.

Chopeira Elétrica Chopeira elétrica: é a parte que fica à vista. Tem uma ou duas torneiras para extração do chopp na parte frontal. A parte mais importante é o motor de refrigeração, que deve permanecer com as janelas de respiração sempre livres. Na parte inferior fica a conexão com o sistema de tiragem de chopp.

MONTAGEM DO EQUIPAMENTO

A chopeira deve ser colocada a, no mínimo, quatro metros de distância de qualquer fonte de calor. As chopeiras elétricas devem estar próximas a tomadas e de um ramal de água para a lavagem de copos e serpentinas.

SISTEMA PRESSURIZADO DE CO²:

• Montar a válvula extratora com mangueira (A);

• Recortar o lacre de forma que a boca do barril fique exposta;

• Acoplar a válvula (B) sobre a boca do barril;

• Exercer pressão sobre a válvula e ao mesmo tempo girá-la para a esquerda (sentido horário);

• Conectar a outra extremidade da mangueira (C) à caixa (serpentina);

• Colocar gelo no interior da caixa de forma que a serpentina fique coberta;

• Travar a vávula (D) puxando-a no sentido do corpo ( ) e ao mesmo tempo para baixo ( );

• Abrir a válvula (E) do gás e em seguida abrir a válvula (F) ideal 2,5 a
2,8 kgf/cm3 (bar);

• Abrir a torneira (Y) puxando-a para frente para extrair o chopp;

• Ajustar a vazão de saída do chopp através da válvula (X).

Esquema de montagem

Sistema montado

LIMPEZA DO SISTEMA

 Periodicamente deve ser executada a limpeza interna da serpentina, de forma a manter o canal de passagem do chopp sempre limpo para não afetar o sabor do produto. Essa limpeza é fácil de ser feita:

• Feche a passagem do chopp na válvula extratora. Solte a união rosqueada da válvula extratora para liberar a mangueira do chopp;

• Abra a torneira de extração da chopeira para esvaziar a serpentina;

• Ligue uma mangueira de água à extremidade livre da mangueira de chopp. Abra a água e deixe-a correndo por pelo menos 3 minutos, para lavar internamente a serpentina;

• Feche a torneira de extração e a de água ao mesmo tempo. Dessa forma, a serpentina ficará totalmente cheia de água, deixando-a assim até o dia seguinte, quando então é feita novamente a ligação da mangueira do chopp com a válvula de extração;

• Quando for iniciada a extração no dia seguinte, abra em primeiro lugar a torneira da chopeira, depois libere a passagem do chopp, abrindo a válvula extratora. Agindo assim, toda a água do sistema será eliminada, e o chopp começará a fluir normalmente após alguns instantes.

SOLUÇÕES DE PROBLEMAS

O CHOPP NÃO FLUI:
• Verifique se o barril não está vazio.
• A válvula extratora foi devidamente engatada ao barril (certifique-se de que ela esteja bem engatada e com a alavanca ou manete abaixado, deste modo abrindo a passagem do chopppara a mangueira).
• Verifique (no caso de chopeira a gás) se o cilindro de CO2 não está vazio, com baixa pressão, com registro fechado (no caso dos manômetros de relógio) ou com sua mangueira dobrada.
• Verifique, no caso das chopeiras dotadas de torneira italiana, se sua alavanca lateral controladora de fluxo não está totalmente erguida, fechando a passagem do chopp.
• A serpentina pode ter congelado, portanto desligue o equipamento (no caso das máquinas elétricas) ou retire o gelo em contato com a serpentina (no caso dos equipamentos a gelo) para descongelar o sistema.

O CHOPP TEM POUCA ESPUMA:
• O chopp pode estar frio demais.
• A pressão interna do barril está muito baixa, necessitando de um novo cilindro de CO2 ou mais bombeamento.
• O abastecimento de CO2 foi de algum modo interrompido.
• Os copos podem não estar adequadamente limpos.

O CHOPP TEM ESPUMA DEMAIS:
• O chopp está quente.
• A pressão interna do barril está alta, sendo necessário regular a pressão no cilindro de CO2.
• O chopp ainda está muito “agitado” pois a extração do barril foi iniciada logo após o transporte.

FABRICAÇÃO DO CHOPP KREMER

FABRICAÇÃO:
Onde o Malte moído é solubilizado com água cervejeira na Tina de Mostura e ocorre uma série de ações enzimáticas, sendo a principal a açucaração do amido do malte. Esta mistura é então filtrada naTina de Clarificação, onde se separa a fase sólida (Bagaço) de fase líquida (Mosto).

O Mosto é fervido com adição lúpulo no Cozinhador, onde são definidas certas características de qualidade. O Mosto quente é então bombeado para Whirlpool, onde determinadas partículas indesejáveis (trub) são eliminadas. Em seguida o Mosto é resfriada e enviado para Fermentação.


FERMENTAÇÃO/MATURAÇÃO:
A fase de Fermentação começa com o envio do mosto ao tanque fermentador onde é adicionado a levedura cervejeira que atuará na transformação dos açucares em álcool e CO². Este processo de fermentação que poderá levar até 06 dias.


A fase de Maturação irá agregar o aroma e o paladar do chopp e é nesta fase também que ocorre a saturação de CO² e a clarificação do produto.


FILTRAÇÃO:
É nesta fase que o chopp adquire a sua forma características, pela remoção das partículas em suspenção turvadas e do fermento cervejeiro. Ao final deste processo o produto enviado aos Tanques de Pressão e está pronto para ser envasado. A Validade do chopp em boas condições de conservação é de 15 dias.

Fotos e vídeos

Contato

Ligue agora!
(31) 3324-5080
(31) 98411-0880

Plantão:
(31) 99859-0499

Click here to add your own text

WhatsApp chat